Automotivação: A diferença na sua carreira

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 0 0 Flares ×

Ser uma pessoa motivada expande os horizontes profissionais. Aprenda as técnicas para encontrar a satisfação profissional

Todo mundo almeja na juventude completar seus estudos e conseguir emprego na área que estudou. Alguns possuem facilidade em ingressar na carreira mais cedo, outros levam mais tempo até aprimorar suas habilidades. Em ambos os casos, para conseguir chegar no objetivo, todos tiveram o auxílio de um instrumento propulsor para a realização dessas metas: a automotivação. Sem ela, é quase impossível sentir anseio em buscar desafios novos na profissão.

Superado o desafio da graduação e do primeiro emprego, outros objetivos começam a surgir. Segundo Abraham Maslow, psicólogo americano, a medida em que cada uma das necessidades pessoais de um indivíduo é realizada, ao anseio que está em uma esfera superior logo passa a se tornar dominante. Em outras palavras, Maslow quer dizer que se você conseguiu alcançar um propósito, a próxima ambição se torna prioridade graças à motivação que funciona como uma mola propulsora de metas.

A automotivação consiste no desempenho do ser humano em motivar a si próprio, encontrando a razão pela qual ele é movido a fazer algo com o objetivo de palpar, desfrutar ou presenciar uma realização da qual tanto se empenhou. Em resumo, a automotivação é o motivo pelo qual você vive. Nesse caso, tudo está ligado à profissão, que significa professar algo, ou seja, acreditar que suas habilidades e funções possa transformar uma situação.

automotivação

A profissão muitas vezes não está relacionada ao emprego, condição a qual muitas pessoas se colocam para arrecadar fundos e suprir gastos. Ao executar a profissão, está em jogo muito mais que uma execução de funcionalidades. Encontra-se o propósito perene pelo qual uma pessoa a exerce. E para exercê-la, a automotivação precisa ser trabalhada dentro de cada profissional.

A automotivação também pode ser importante não só para motivar um ser humano, mas também através dela, colaboradores dentro de um empresa podem exercer o intraempreendedorismo, capacidade de empreender dentro de uma corporação, minizando riscos e gastos. A partir dessa motivação, o empreendedor enxerga grandes oportunidades de crescimento do negócio.

Exemplo de automotivação

Esta atitude geralmente está relacionada a perfis de empreendedores determinados em cumprir seus objetivos dentro de uma corporação. Mas nem sempre é possível perceber que a motivação, num primeiro momento, pode surgir de uma situação trágica. Um exemplo de automotivação pode ser visto na história de superação de Marcelo Ferreira, ex presidente da Adidas há 9 anos.

Ferreira, as 14 anos, começou a trabalhar numa empresa do grupo suiço Holcim como motoboy. Com o anseio de ocupar outros cargos, o garoto começou a se relacionar com o departamento financeiro e aprendeu sobre o desenvolvimento e gerenciamento de duplicatas. Seus superiores perceberam seu empenho e o promoveram para auxiliar de cobrança.

Antes mesmo de Ferreira começar seu novo ofício, recebeu férias, mas fez as contas erradas e voltou dois dias depois do vencimento. Por isso, o chefe do departamento superior ao de Ferreira o demitiu, com a justificativa de que essa atitude dele era de muita irresponsabilidade, mas que isso também o auxiliaria na carreira futura. Ferreira, no primeiro momento ficou sem entender, assim como seu pai que não acreditou mais em sua capacidade.

Ferreira tinha motivos de sobra para desistir de trilhar sua carreira, mas com 16 anos voltou a trabalhar em outro emprego e mostrou ao seu pai e seu ex-chefe o quanto era empenhado. Ferreira seguiu em frente com seu trabalho e se tornou presidente da Adidas por 9 anos, até 2011.

Este é um exemplo de automotivação e superação pessoal a partir de momentos negativos, os quais, seguidos de determinação, trouxeram resultados promissores para nos lembrar que é possível alcançar novos postos profissionais.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 0 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *